A estudante de economia da PUC, Isabella Perdigão, de 22 anos, foi morta a facadas por um vizinho na manhã deste sábado (29) no bairro Coração Eucarístico, região Noroeste de Belo Horizonte. O autor, que era apaixonado pela vítima, invadiu o apartamento dela, localizado em um condomínio da rua Coração de Eucarístico de Jesus. Além da faca, ele portava uma réplica de arma de fogo.

 

Transtornado, o agressor também esfaqueou o pai da jovem, que tentou defendê-la e acabou ferido. Só não conseguiu agredir a mãe e o irmão de quatro anos porque eles conseguiram se esconder dentro do apartamento. A moça não resistiu aos ferimentos das três facadas e morreu. A polícia foi chamada e conseguiu prender o assassino em flagrante. Segundo a PM, o crime foi passional. O criminoso, que é ex-caminhoneiro, disse que era apaixonado pela jovem, mas que o amor não era correspondido.

 

Após cometer o crime, o homem ainda colocou fogo no apartamento, mas a PM conseguiu apagar as chamas. O pai da moça assassinada foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento Oeste.

Vizinhos ainda assustados com o ocorrido afirmaram que a jovem nunca tinha se relacionado com o agressor e que ele teria problemas psicológicos. A jovem inclusive tinha namorado.

No início da tarde, a família postou uma nota de pesar na páginda do Facebook da jovem. "A familia está se reajustando. Amparados pelos familiares", disse. Centenas de pessoas já deixaram uma palavra de conforto para eles por meio da rede social.