O rapaz de 20 anos que foi preso suspeito de invadir uma residência e tentar estuprar um casal que dormia com um bebê de seis meses na cama alegou, conforme a Polícia Militar, que uma voz o mandou cometer o crime.

O caso foi registrado na madrugada desta quarta-feira (11) no bairro Bandeirantes, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Plantão do município e será investigada pela Polícia Civil.

Aos militares, uma jovem de 16 anos contou que dormia com o marido e filha quando "sentiu alguma coisa molhada em cima dela". Quando olhou para o lado e viu que não era o companheiro, gritou assustada.

O marido, de 23 anos, acordou então e conseguiu deter o suspeito até a chegada da PM ao local. Para os policiais, o homem disse que estava em casa quando escutou uma voz que o mandou ir até a residência do casal para fazer sexo com ambos.

Lá, ele entrou pela janela da varanda, tirou a roupa, seguiu para o quarto e deitou entre o casal.