Um casal suspeito de cometer uma série de assaltos a motoristas de aplicativos e entregadores de comidas em Belo Horizonte foi detido na noite dessa segunda-feira (17). O homem, de 24 anos, ainda tentou subornar os policiais e disse que não ficaria preso porque tem parentes que trabalham no Fórum. 

A namorada dele, uma adolescente de 17 anos, estava com algumas buchas de maconha apreendida. Já com o homem, que possui várias passagens por roubos de veículos na região do Caiçara, região Noroeste da capital, os militares apreenderam uma arma de fogo de calibre 38 e uma máquina de cartão, possivelmente roubada de alguma vítima. 

Ao ser abordado, o suspeito confessou os crimes e ofereceu duas armas de fogo aos militares para se livrar da prisão. Ele disse que os armamentos estavam na casa de um primo no bairro Cachoeirinha, mas ao chegar no bairro junto aos policiais, ele desistiu de dar a localização da residência. 

O casal ainda confessou outros três carros roubados e uma casa, e um motorista vítima de um crime cometido no último dia 15 foi chamado e reconheceu os suspeitos. 

No momento da prisão, o homem se mostrou nervoso e ainda disse que o avô e a tia "moram dentro do Fórum", sinalizando que ele tem "as costas quentes" por conta dos familiares que trabalham no poder judiciário e que não ficaria preso. Ele também ameaçou matar uma ex-namorada. 

Leia mais:

Homem suspeito de roubar prostitutas na avenida Afonso Pena é preso após ser reconhecido por crachá
Com arma de brinquedo do filho, motorista de app assalta jovem na Grande BH
Motorista de aplicativo é sequestrado em Governador Valadares e localizado na Grande BH