A Polícia Federal deflagrou uma operação nesta segunda-feira (21) para combater crimes praticados pela internet em Montes Claros, no Norte de Minas. Um homem foi detido pelo crime de divulgação de segredo e pode pegar quatro anos de prisão.

Segundo a PF, as investigações começaram em novembro de 2019 e identificaram um suspeito que usava um perfil falso em uma página de comércio eletrônico para anunciar a venda de senhas para acesso ao banco de dados de cidadãos no CADSUS, do Ministério da Saúde, base de cadastramento de usuários do Sistema Único de Saúde. 

O sistema, gerido pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS), é acessado por servidores públicos e disponibilizado para outros órgãos federais, estaduais e municipais. Conforme a polícia, esses dados são muito procurados por estelionatários que aplicam golpes como fraudes a benefícios sociais contra pessoas, empresas e o Poder Público. 

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na casa do suspeito, os agentes apreenderam vários equipamentos eletrônicos. Agora, as investigações tentam identificar outras pessoas envolvidas no golpe. Por se tratar de crime praticado via internet, em que a confirmação da autoria depende de trabalhos periciais e análise detida das apreensões, foi determinada pela Justiça o sigilo de informações sobre o investigado e o local de cumprimento do mandado.