Um homem de 46 anos foi preso por descumprir medida protetiva, causar tumulto e ameaçar a ex-companheira em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Para intimidar a mulher, o suspeito teve uma atitude incomum e teria comido cacos de vidro na frente dela. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (29). 

De acordo com a Polícia Militar, a vítima, de 45 anos, afirmou que o ex-companheiro foi para a casa dela algumas semanas atrás, e não deixava mais o local. Ela disse que sofria ameaças caso tentasse chamar a polícia. 

Nesta quarta, o homem teria usado uma barra de ferro para ameaçar a vítima, após uso de álcool e drogas. Segundo a PM, ele rasgou roupas dela, jogou comida da geladeira no chão e ainda quebrou copos e pratos. A vítima conta que ele engoliu alguns cacos de vidro para fazer medo nela. Por segurança, a mulher escondeu as facas da casa.

Quando ligou para a PM, a vítima teve a chamada interrompida pelo homem, que jogou o celular na parede. Mesmo assim, militares foram até o local e encontraram o casal. O homem negava todos os crimes, e disse apenas que eles haviam discutido. A mulher estava chorando e dizendo que era agredida por ele. O filho da mulher, de 6 anos, também estava na casa.

O suspeito, que já tem três boletins de ocorrência por violência doméstica contra a mulher, foi preso em flagrante. O caso foi entregue para investigação da Polícia Civil.

Sobre a ingestão dos cacos de vidro, a polícia não informou sobre o estado de saúde do suspeito.

Leia mais:
BH convoca adolescentes de 13 a 16 anos para vacinação contra Covid na próxima semana
Variante Delta da Covid já representa 75% das amostras analisadas em Minas