Pessoas que estavam em uma agência bancária do bairro Manuel Honório, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, foram surpreendidas na noite de segunda-feira (17) por um homem de 37 anos que passou a sacar quantias de dinheiro e simplesmente distribuir para os desconhecidos. A situação ocorreu após ele brigar com a esposa, de 36 anos, e acabar tendo um surto psicótico. 

Era por volta das 19h quando o homem entrou em surto e, ao perceber a situação, a companheira correu até uma viatura da Polícia Militar (PM) que passava pelo local e pediu ajuda. Ela contou que teve uma discussão com o marido e, de repente, ele passou a sacar grandes quantias da conta da família e distribuir as notas. 

Quando os militares entraram na agência, o surto piorou, com o suspeito tentando tomar o cartão das mãos esposa e, também, a arma de um dos policiais. Como ele estava muito alterado e partindo para cima da mulher, foi necessário contê-lo

De acordo com a PM, não foi feito um levantamento de quanto foi sacado pelo homem e nem se as pessoas que receberam as quantias chegaram a devolver. Como se tratava de uma questão psicológica, o homem não foi preso, mas acabou encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro Doutor Geraldo Mozart Teixeira (HPS), onde ficou internado sob observação. 

Leia mais:
Policial vai para hospital psiquiátrico após tentar queimar R$ 30 mil em praça de BH
Sequestrador estava em surto psicótico e ameaçou incendiar o ônibus
Em surto psicótico, homem ataca o tio e policiais e acaba morto pela PM em Matozinhos