Um homem de 40 anos foi preso em Ouro Preto, na região Central do Estado, suspeito de agredir e matar o próprio pai, de 84. 

O idoso foi atingido por um golpe na cabeça, após uma discussão com o filho. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada para um hospital de Belo Horizonte, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a Polícia Civil, o crime foi em novembro do ano passado e ele só foi detido na última sexta-feira (31). 

De acordo com o Delegado Warlyson de Oliveira Henriques, a mãe do suspeito, de 74 anos, foi a única testemunha dos fatos. “O investigado ameaçou a genitora de morte e, ainda, a expulsou de casa. Temendo por sua vida, ela não denunciou o caso. Com o desenrolar dos levantamentos pela PCMG, a idosa contou o que houve e, inclusive, requereu medidas protetivas no âmbito da Lei Maria da Penha”, explicou.

O Delegado esclareceu também que o laudo de necropsia da vítima constatou que a morte se deu por traumatismo cranioencefálico.

O suspeito será indiciado pelo crime de lesão corporal seguido de morte e ameaça. O investigado se encontra no Sistema Prisional.