Dois homens, de 28 e 29 anos, foram presos na noite desta terça-feira (4) suspeitos de terem estuprado a própria sobrinha de 10 anos, em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), eles foram denunciados pela professora da criança e detidos na Pedreira Prado Lopes, região Noroeste da capital. Entretanto, a dupla negou ter cometido o crime. 
 
Conforme a PM, a menina estaria apresentando um comportamento estranho durante as aulas, o que despertou a desconfiança de uma professora. Após ser questionada, a criança revelou que há um mês, toda vez que ela ia até a casa da avó, os tios passavam as mãos em suas partes íntimas e chegaram a introduzir o pênis nos órgãos genitais dela. Diante disso, a professora acionou a PM e revelou o que a aluna havia lhe dito.
 
Os policiais foram até a casa dos suspeitos, na rua Serra Negra, e prenderam a dulpa. Ambos, sendo que um deles estava em liberdade condicional, foram levados a delegacia Noroeste. A mãe da menina disse aos policiais que não sabia dos abusos, tampouco desconfiava que a filha poderia estar sendo violentada. A possível vítima foi levada ao Hospital Odilon Behrens, onde irá passar por exames clínicos que poderão comprovar ou descartar o estupro.