Dois homens foram presos com quase mil comprimidos de ecstasy, na madrugada desta quinta-feira (22), no bairro Dom Cabral, região Oeste de Belo Horizonte. Com a dupla, de 25 e 26 anos, também foram encontrados um tablete de haxixe e outro de maconha, além de mais de R$ 5.600 em dinheiro e um cheque de R$ 4.500.

De acordo com a Polícia Militar, um Ford Fusion preto foi avistado em atitude suspeita na avenida Itaú, próximo ao Anel Rodoviário. Após a abordagem, policiais encontraram com eles quatro pinos de cocaína. Os homens disseram que são do Estado de São Paulo e estavam na região com o objetivo de comprar drogas.

Ao dar busca no veículo, os policiais encontraram, escondidos em meio a roupas, o restante da droga. Os comprimidos de ecstasy estavam acondicionados em três sacolas grandes.

Após a apreensão, os suspeitos mudaram o relato e contaram aos policiais que venderiam as drogas para um outro homem. O encontro estava marcado para acontecer no bairro da Serra, na região Centro-Sul. Ao chegar ao local indicado, os militares encontraram mais um suspeito e uma mulher, que estavam em um Ford Ka apontado pelos presos. Com eles, estavam mais de R$ 1.100 em dinheiro.

Ela negou participação na negociação. Já o rapaz, de 27 anos, apresentou uma identificação falsa. Depois que os militares descobriram sua real identidade, o homem afirmou que já havia sido preso duas vezes por tráfico de drogas, mas tinha sido absolvido em ambas as ocasiões. Disse ainda que seria libertado novamente.

Os três suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes 4. Os carros, o dinheiro e as drogas foram apreendidos. A mulher que estava no Ford Ka foi levada à delegacia para prestar depoimento.

Leia mais:
Mulher que encontrou ex-marido e filho de 2 anos enforcados terá ajuda de psicólogos
Viatura policial capota após bater em táxi no bairro de Lourdes