Dois homens foram presos em Sete Lagoas, na Região Central de Minas, suspeitos de receber e vender drogas por meio dos Correios. Nesta quarta-feira (4), os dois foram flagrados pela Polícia Civil com 3,5 mil comprimidos de ecstasy, além de haxixe, maconha, LSD e MDMA.

Após uma investigação, policiais conseguiram rastrear a entrega de uma considerável quantidade de entorpecentes sintéticos que havia saído de São Paulo. A partir da correspondência, os investigadores chegaram ao domicílio de um dos suspeitos.

Além de receber as drogas pela empresa de logística do governo, os suspeitos também estariam entregando os entorpecentes aos clientes por meio de entregas pelos Correios. A investigação continua para se descobrir outros nomes de pessoas envolvidas no esquema.

Os Correios fazem um trabalho periódico de fiscalização sobre correspondências. Quando uma encomenda é identificada com conteúdo suspeito, a Polícia Federal é acionada.

Leia mais:
Inconformado com fim do casamento, idoso dá facadas na ex e tenta se matar no Centro de BH
Polícia indicia suspeito de atirar em criança de 5 anos em Guarapari