O Hospital da Baleia, centro médico filantrópico localizado na região Leste de Belo Horizonte, destinou quatro leitos de enfermaria para atendimento pediátrico de Covid-19. É a primeira vez que a unidade recebe crianças durante a pandemia.

Hoje, a unidadel tem três pacientes internados, com idades entre quatro meses e 7 anos. A suspeita é que elas estejam contaminadas pelo novo coronavírus, mas ainda aguardam resultados de exames. O estado de saúde de ambas não será divulgado.

As quatro vagas foram disponibilizadas no local à pedido da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Agora, o Hospital da Baleia “é o novo parceiro referência” da pasta para atendimento pediátrico de Covid em Minas Gerais, segundo a instituição. 

Segundo a Secretaria de Saúde, BH conta hoje com um total de 1.083 leitos neonatais e pediátricos, entre UTIs e enfermarias, sendo SUS e privado. Para atendimento exclusivo Covid, são 170, entre UTIS e enfermaria. O Hospital da Baleia compõe a rede SUS-BH.

Leia mais:
BH tem mais de 500 pacientes com Covid-19 em estado grave e restam apenas 93 leitos de UTI
Cardápio de problemas: estoque cheio, falta de clientes, custo alto e dívidas desafiam restaurantes
Covid-19: Assembleia Legislativa de Minas Gerais restringe atividades presenciais
Ocupação de UTIs Covid passa de 85% em BH e enfermarias também preocupam com quase 70% de lotação