Por causa da pandemia de coronavírus, o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) anunciou nesta quarta-feira (18) que suspenderá as consultas clínicas e cirúrgicas eletivas agendadas e todas as cirurgias ambulatoriais eletivas. A medida foi tomada para a segurança dos pacientes, conforme avaliação da equipe médica de cada especialidade.

O hospital informou ainda que vem se preparado e adotado uma série de ações, entre elas a revisão do Plano de Contingência para Coronavírus, que foi adaptado para o COVID-19, estabelecendo o fluxo de atendimento ao paciente com suspeita de coronavírus. "O hospital está observando as recomendações emitidas pelas autoridades sanitárias nacionais e a gestão local do Sistema Único de Saúde no que diz respeito à organização da oferta de serviços à população".

Atualmente, o HC-UFMG trabalha com um quadro de 747 médicos e 1859 profissionais assistenciais que estão sendo informados sobre o novo protocolo de atendimento e recebendo treinamentos específicos em relação à assistência a esse tipo de paciente. "até o momento, não está prevista a contratação de novos trabalhadores exclusivamente para atendimento aos casos suspeitos de infecção pelo coronavírus e nem a convocação de alunos. "A instituição, que integra a Rede Ebserh, estatal que administra 40 hospitais universitários federais, aguarda o resultado final do concurso nacional da estatal, atualmente em curso".