A Polícia Civil deve abrir nos próximos dias um inquérito para apurar as torturas sofridas por uma jovem de 18 anos. A mulher foi espancada por quatro homens e teve os cabelos cortados por supostamente ter se envolvido com um homem casado. O caso aconteceu em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada desta quarta-feira (26).

No Boletim de Ocorrência, a jovem contou que estava na porta de casa, no bairro Vila Ideal, quando quatro homens ordenaram que ela entrasse em um carro. O veículo seguiu em direção a uma mata no bairro Tupã e, durante o caminho, a mulher relatou que foi agredida física e verbalmente.

Já na mata, a sessão de tortura prosseguiu, com os suspeitos desferindo pauladas e tapas na jovem. Depois, eles ainda pegaram uma tesoura e cortaram o cabelo dela. Após o espancamento, a mulher foi abandonada em um trecho ermo da MG-808. Os suspeitos fugiram e ainda não foram localizados.

Aos militares, a jovem não soube passar as características dos infratores, já que foi obrigada a ficar com a cabeça baixa. Ela dispensou atendimento médico. A ocorrência foi registrada na delegacia da cidade.