Do segundo andar de sua residência, um idoso de 74 anos, com permissão para uso de arma de fogo, atirou contra um jovem de 20 anos durante um assalto contra a filha dele, no portão da casa da família, no bairro Belvedere, região Centro-Sul de Belo Horizonte, no início da manhã desta sexta-feira (1º). O criminoso, atingido na cabeça, foi  internado sob escolta policial.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 5h58 desta sexta, uma médica, de 35 anos, saia de casa em seu veículo, na rua Professor Pedro Aleixo, quando foi surpreendida por três homens armados, e logo anunciaram o assalto.

A mulher relatou que iniciou a descida do veículo, informando que os homens poderiam levar o carro, quando os suspeitos, muito agressivos, recolheram os pertences da vítima e um deles a agarrou pelos cabelos, puxando-a para dentro do carro.

Nesse momento, a vítima teria começado a gritar por socorro, chamando a atenção do pai. Esse afirmou à PM que, da janela de seu quarto, ouviu os gritos e viu a filha sendo arrastada. Diante da situação, o idoso pegou seu revólver calibre 38 e efetuou dois disparos contra os autores.

Os tiros atingiram um dos agressores na cabeça, que foi encaminhado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.. Os outros suspeitos conseguiram fugir do local.

À polícia, o idoso apresentou uma cópia do seu Certificado de Registro de Arma de Fogo (CRAF).

No local, foram apreendidos quatro munições calibre 38 intactas, dois estojos deflagrados, um simulacro de arma de fogo (pistola) e um revólver calibre 38, além de uma arma de fabricação caseira.

Leia mais:
Jovem é morto a tiros após discutir por mulher em baile funk no Nova Gameleira