Dois militares ficaram levemente feridos após o combate a incêndio de grandes proporções em uma fábrica de móveis em Ubá, na Zona da Mata, na tarde desta segunda-feira (9). Segundo o Corpo de Bombeiros, 14 agentes, 6 viaturas e 8 caminhões-pipa foram empenhados na ação.

O incêndio teve início por volta das 14h45 na área de silo da empresa, localizada no bairro Peluso. O combate foi dificultado após uma explosão durante a queima, momento em que os militares tiveram ferimentos no rosto. Eles foram atendidos, medicados e conseguiram retornar à ação.

Havia risco da estrutura ceder. Por isso, os agentes utilizaram a técnica de confinamento de fogo, que evitou que as chamas se espalhassem, comprometendo outras estruturas. O fogo foi controlado por volta das 18h.

Ao todo, três caminhões-pipa da cidade e dois caminhões de combate a incêndio dos Bombeiros foram utilizados, além de uma viatura de combate a incêndio de Muriaé, tripulada por 5 militares, e uma viatura de Juiz de Fora, com 4 militares.

Na noite desta segunda, os militares ainda permaneciam no local, realizando o rescaldo. As causas do incêndio serão apuradas.