Um incêndio de grandes proporções devastou 60 mil m² da Mata da Baleia, área verde preservada localizada na região Leste de Belo Horizonte. O perímetro equivale a 8,4 campos de futebol padrão Fifa. As chamas, debeladas pelos bombeiros neste domingo (18), ameaçaram casas nos bairros Saudade e Pirineus, além de ficarem bem próximas ao Hospital da Baleia.

Para controlar o fogo, o Corpo de Bombeiros mobilizou nove militares, em três viaturas, que utilizaram dois mil litros de água no combate. A origem da queimada ainda é desconhecida e o caso será apurado pela Polícia Civil.

Estatística

Historicamente, o mês de setembro é o que mais registra incêndios florestais no Brasil. Uma das explicações é o tempo seco. Diversos estados, incluindo Minas Gerais, registram, entre agosto e outubro, o período de estiagem com as menores taxas de umidade relativa do ar.

Em BH, neste domingo, o índice deve ficar em torno dos 30%, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para se ter noção da secura, a umidade relativa do ar recomendável pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 60%.

Mas, apesar das condições naturais serem favoráveis à ocorrência e propagação de queimadas, na maioria das ocorrências, o fogo é provocado pela ação humana.

Leia mais:
Bombeiros tentam combater incêndio que devasta mais de 10 km de vegetação em Uberaba