Uma mulher de 32 anos foi esfaqueada pelo ex-marido quando trabalhava em um frigorífico na manhã desta sexta-feira (1°) em Araguari, no Triângulo Mineiro. O autor, de 40 anos, que não aceitava a separação, foi preso em flagrante.

Segundo a Polícia Militar, a vítima estava trabalhando no comércio, que fica no bairro Paineiras, quando o ex-marido invadiu o lugar e, sem que a vítima percebesse, a segurou pelo pescoço, tentou degolá-la e a esfaqueou.

Desesperados, os colegas de trabalho pediram ajuda e alguns homens conseguiram tirar o agressor de cima da vítima, que foi colocada em uma maca e levada pelos próprios funcionários para a enfermaria da empresa.

Em seguida, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e ela foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguari com ferimentos na barriga. Mas, devido à gravidade das lesões, ela foi transferida para o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), onde passou por cirurgia.

Preso em flagrante, o suspeito contou aos militares que tentou matar a ex porque estava inconformado com a separação.

Ainda segundo testemunhas, a mulher tinha medida protetiva contra o agressor.