A Polícia Militar procura, na manhã desta quarta-feira (21), por um homem de 35 anos que incendiou a casa da ex-companheira. O crime aconteceu em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e, conforme a vítima, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento.

Aos militares, a mulher, também de 35 anos, disse que manteve um relacionamento com o homem por 20 anos, contudo, há cerca de oito meses, decidiu se separar. Desde então, segundo relato dela, o ex a procurava tentando reatar o namoro. 

Por volta das 7h40 desta quarta, ela disse que acordou e viu que o homem havia invadido a casa em que ela mora com o filho de 9 anos, fruto do relacionamento do casal. O suspeito estava dormindo no sofá e, depois de um tempo, pegou o celular da mulher para ler as mensagens que ela trocava com outras pessoas.

O homem, então, quebrou vários objetos da residência e fugiu em seguida. A mulher foi para a delegacia do município registrar ocorrência do caso e, quando chegou lá, foi informada pelo ex-cunhado que o antigo companheiro dela havia retornado à casa e ateado fogo no imóvel.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e informou que os vizinhos controlaram as chamas antes da chegada da corporação. De acordo com os militares, um morador que estava na residência na hora do incêndio conseguiu escapar do fogo, mas inalou muita fumaça. Nem os bombeiros nem a PM souberam informar se esse morador era o menino de 9 anos, filho do casal.

O caso está sendo registrado na delegacia de Nova Lima.

Leia mais:
Feminicídio: polícia prende suspeito de matar a ex-namorada em Venda Nova