Os indicadores de monitoramento permanecem controlados na capital mineira, mas os números de infectados ainda são altos. Belo Horizonte registrou 41.743 casos de Covid-19, 409 confirmações a mais do que na sexta-feira (25), de acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (28). Desses, 2.534 são referentes a pacientes ainda em acompanhamento, por internação ou isolamento domiciliar.

Os três indicadores de monitoramento da doença continuam com números bem controlados. O número médio de transmissão por infectado (Rt) teve mais uma queda, de 0,97 na sexta-feira para 0,93. Isso quer dizer que, neste momento, em média, 100 infectados transmitem o vírus para 93 pessoas.

Veja como estão o Rt e as taxas de ocupação de leitos para pacientes com Covid:

indicadores 28/9

A capital mineira também contabilizou 12 mortes no fim de semana pela doença, chegando a 1.232 vidas perdidas por causa do novo coronavírus. Há ainda outros 88 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) sendo investigados.

As principais vítimas continuam sendo os idosos – 82,5% das pessoas que morreram de Covid na cidade tinham idade superior a 60 anos. Outros 15% são da faixa entre 40 e 59 anos. A cardiopatia e a diabetes foram as comorbidades mais verificadas entre as mortes registradas.

Leia mais:
BH registra segunda temperatura mais alta desde 1910 e umidade do ar de deserto