O Instituto Butantan entregou nesta segunda-feira (15), ao Ministério da Saúde, mais 3,3 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus. Ao todo, já foram fornecidas 20,6 milhões de doses do imunizante CoronaVac, desenvolvido em parceria com laboratório chinês Sinovac, para serem distribuídas a todas as regiões do país, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Pelo cronograma apresentado pelo Butantan, na próxima quarta-feira (17), deve ser enviada mais uma remessa com 2 milhões de vacinas e, até o fim do mês, o instituto prevê fornecer um total de 22,6 milhões de doses. Até o fim de abril, a previsão é que tenham sido entregues 46 milhões, conforme o contrato com o governo federal.

De acordo com o órgão paulista, a produção do imunizante foi acelerada e o quadro de funcionários responsáveis pelo envase do produto foi dobrado.

Vacinação em São Paulo

O último balanço do governo de São Paulo aponta que 3,8 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus já foram aplicadas em todo o estado, sendo mais de 1 milhão da segunda dose.

Leia Mais:
Novo coronavírus já contaminou quase 975 mil pessoas em Minas; mais de 20.600 morreram
Primeira cidade brasileira a vacinar em massa encerra etapa de imunização
Fiocruz receberá em março o dobro de ingredientes para vacinas