Integrantes da Ocupação Willian Rosa, em Contagem, na Grande BH, invadiram o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) durante manifestação na tarde desta quarta-feira (19). O grupo, formado por em torno de 15 pessoas, conseguiu entrar no auditório do anexo 1 do TJMG, que fica na rua Goiás, no bairro Barro Preto, na região Centro-Sul da capital mineira.
 
De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, os participantes do ato só foram retirados com a chegada dos militares do 1º Batalhão da Polícia Militar, que foram acionados pelos funcionários. 
 
Segundo os policiais, o grupo informou que quer reunião com o presidente do tribunal para discutir julgamento de recurso contra a liminar de reintegração de posse concedida ao proprietário do terreno este mês. A Corte decidiu manter decisão favorável à Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa).
 
A ocupação fica em lote de 210 mil metros quadrados e foi invadido pelos manifestantes em 12 de outubro do ano passado.