Dois integrantes de uma quadrilha suspeita de roubar aproximadamente R$ 100 mil em material de construção em um galpão de obra na cidade de Prudente de Morais, na região Central de Minas, foram presos na noite desta sexta-feira (28). Segundo a Polícia Militar (PM), a dupla chegava ao sítio onde estava escondido o material que foi roubado durante a madrugada e, ao avistar a viatura policial, tentou fugir em uma caminhonete F250 preta, mas acabou presa em flagrante. 
 
De acordo com a PM de Prudente de Morais, um bando formado por seis ou sete homens armados teria invadido o galpão da obra por volta de 0h30 desta sexta-feira e rendido o vigia que trabalhava no local. Um dos suspeitos teria ficado todo o tempo com uma arma apontada para o refém, enquanto os demais carregavam vários carros, um deles uma caminhonete roubada da própria empresa responsável pela construção, com o material da obra. 
 
Entre os itens roubados e recuperados pela PM em um sítio do condomínio Lagoa de Fora, na zona rural do município, estavam cimento, argamassa, cerca de 300 pedras de granito, equipamentos elétricos como furadeira, lixadeira, betoneira, além de várias ferramentas e óleo de máquinas. Ainda conforme a PM, o material encontrado foi reconhecido pelo vigia da obra.
 
Já os suspeitos Gleison José Ulisses dos Reis e Alan Cristian Costa Pinto afirmaram que o material era de propriedade deles. No entanto, uma testemunha confirmou que o material foi descarregado no sítio durante a madrugada. Além disso, a PM informou que os dois teriam uma longa ficha criminal e diversas passagens pela polícia.
 
A polícia informou ainda que os suspeitos disseram ser de Sete Lagoas e que os outros integrantes da quadrilha teriam voltado para a cidade levando o armamento utilizado durante a ação. Os presos foram encaminhado para a Delegacia de Vespasiano, também na região Central de Minas.