A irmã do traficante Roni Peixoto, considerado braço-direito de Fernandinho Beira-Mar em Minas, foi presa em casa, na noite desse domingo (6), no bairro Jardim Guanabara, em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, a mulher, de 44 anos, é suspeita por tráfico de drogas.

​Depois de uma denúncia anônima, militares encontraram um homem, de 44 anos, comprando drogas por R$15. Ele estava com três pedras de crack e também foi preso.

O comprador disse aos militares que há 15 dias estava em um bar e ficou sabendo que a mulher era traficante.

A suspeita entrou no banheiro, no momento da ação da polícia, e disse que estava tomando banho. Porém, os militares ouviram a mulher dando descarga várias vezes, como se estivesse jogando o material ilícito fora. Depois de um tempo, ela abriu a porta do banheiro e nenhuma droga foi encontrada com ela. 

Roni Peixoto

Em março, Roni Peixoto passou a cumprir pena no regime semiaberto e obteve os benefícios de trabalho externo e saída emporária. Ele cumpre pena de 35 anos por tráfico de drogas e conseguiu a progressão do regime.

Leia mais:
Ex-braço direito de Beira-Mar em Minas, traficante Roni Peixoto passa para o regime semiaberto
Presa em BH a irmã do megatraficante Roni Peixoto