Nesta quarta-feira (30), celebra-se Dia Nacional de Prevenção de Acidentes com Crianças e Adolescentes, uma data que serve de alerta para os perigos que rondam um ambiente que muitos consideram bastante seguro: a própria casa. Somente este ano, no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, foram atendidas 2.342 crianças de 0 a 12 anos por quedas – especialmente da própria altura, cama, sofá, escada e laje.

No hospital, também foram atendidos 1.624 casos de ingestão de corpo estranho e 442 intoxicações de crianças. Em relação a queimaduras, foram 212 atendimentos entre janeiro e agosto.

De acordo com a Cruz Vermelha, a família deve ficar atenta para não deixar ao alcance das crianças os medicamentos – que se parecem com balas, na maioria das vezes – e produtos de limpeza, especialmente aqueles armazenados em garrafas PET – que as crianças confundem com sucos e refrigerantes.

Confira outras 19 dicas para evitar acidentes com as crianças no ambiente doméstico:

Cozinha/área de serviço

- Nunca deixe as panelas no fogo com os cabos voltados para fora. A curiosidade das crianças pode provocar queimaduras graves.

- Nunca guarde produtos de limpeza em garrafas de refrigerante ou de outras bebidas que possam confundir as crianças.

- Talheres, principalmente faca e garfo, devem ser mantidos longe do alcance das crianças.

- Cuidado com baldes cheios de água e nunca deixe a máquina de lavar ou tanquinho destampados. Evite afogamentos e proliferação do mosquito Aedes aegypti.

- Fósforos e álcool devem estar fora do alcance.

 

Área externa

- Algumas brincadeiras nas áreas externas trazem grandes riscos. Um exemplo é o uso do cerol nas linhas das pipas. Evite cortes sérios e choques fatais na rede elétrica.

- Pipas nunca devem ser soltas em lajes. O risco de queda é grande

 

Quarto/sala

- Todas as janelas devem ser protegidas com grades ou redes de proteção.

- Cuidado com brinquedos, lençóis ou travesseiros dentro do berço que possam causar sufocamento.

- Berços não devem ser posicionados próximo de janelas, para evitar que os bebês subam e caiam da janela.

- Tapete escorrega e, por isso, devem ser evitados, ou deve ser usado um antiderrapante.

- Para evitar choques, cubra todas as tomadas com tampa ou outra proteção, não deixe nenhum fio desencapado.

- Para evitar tropeços ou sufocamentos, prenda todos os fios dos aparelhos com canaleta ou mesmo fita adesiva.

- Cuidado com móveis de quinas afiadas. Mantenha os móveis longe de janelas e cortinas.

- Armas de fogo devem estar sempre trancadas e a munição deve estar guardada em outro local.

 

Banheiro

- Crianças mais novas podem se afogar com apenas 2,5 centímetros de água, por isso, mantenha a tampa do vaso sanitário sempre fechada.

- Para evitar queimaduras, teste com muito cuidado a temperatura da água para os banhos das crianças.

- Todo o cuidado com banheiras, um simples descuido pode causar afogamento.

- Medicamentos e produtos de higiene devem ficar fora do alcance.