Uma jovem de 23 anos afirma ter sido agredida na manhã desta sexta-feira (12), na porta do pub Major Lock, no bairro São Pedro, região Centro-Sul de Belo Horizonte. Ela foi encaminhada para o Pronto-Socorro João XXIII com ferimentos no olho e na cabeça.

Segundo o boletim de ocorrência, a moça estava na companhia de amigos dentro do bar, teria se sentido mal, e saiu para rua acompanhada de uma das amigas. Elas estavam sentadas na calçada, quando a vítima foi atingida por um copo descartável contendo bebida.

Ao se levantar, ela teria levado de um homem um chute no rosto, bem próximo ao olho esquerdo. A força do golpe fez com que a jovem caisse e batesse a cabeça no chão. E, mesmo depois da queda, ele continuou golpeando a moça na cabeça. Um outro rapaz, que presenciou a cena, tentou defender a jovem, mas também acabou agredido. 

Testemunhas que estavam no local e que conhecem o agressor informaram aos militares que o rapaz seria morador do Sion, bairro vizinho do bar onde tudo ocorreu. Contaram ainda que ele é claro, alto, tem várias tatuagens pelo corpo e teria saído recentemente da cadeia. O caso vai ser investigado.

Em nota, o Major Lock esclareceu que “é contra qualquer tipo de agressão e repudia o ocorrido com a cliente”. E que, apesar do fato ter ocorrido fora do  estabelecimento, o bar está à disposição para ajudar na apuração dos fatos e dos culpados. 

Ainda de acordo com o comunicado, após o ocorrido, quando a cliente voltou para a portaria do bar com sangramento na face, consciente e amparada por amigos, um segurança da casa orientou a moça a procurar atendimento médico uma vez que o bar já estava fechado.