Um rapaz de 25 anos foi assassinado em uma festa em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime, segundo relato da Polícia Militar, aconteceu na madrugada deste domingo (13) em um sítio, no bairro Sumaré.

O dono da chácara contou aos militares que aluga o espaço aos fins de semana. Durante a madrugada, ele disse que recebeu ligações de vizinhos reclamando que os inquilinos estavam ouvindo música muito alta. Tempos depois, voltaram a ligar informando que haviam ouvido tiros no local.

Com a denúncia, o proprietário do sítio relatou que foi ao local e, lá, encontrou as luzes acessas, mas o lugar abandonado. Em um dos cômodos, localizou o corpo do jovem caído.

A perícia esteve no endereço e constatou que a vítima foi baleada dez vezes. O corpo foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML).

Depois de confirmar o homicídio e acionar a PM, o dono do sítio disse que entrou em contato com a pessoa que alugou o espaço, mas ela contou que estava em estado de choque por causa da briga que aconteceu no local e, por isso, entrava em contato posteriormente para explicar o que aconteceu no lugar.

O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Betim e será investigado pela Polícia Civil.