Um jovem de 18 anos, que apresentava sintomas do novo coronavírus, morreu, na última quarta-feira (25), no Hospital Infantil São Camilo, em Belo Horizonte. Segundo a assessoria do hospital, ele apresentava um quadro de síndrome respiratória aguda grave e era portador de comorbidades. O adolescente estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o caso suspeito foi notificado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Estado de Minas Gerais (CIEVS). 

A Secretaria de Estado de Saúde informou que ainda não é possível afirmar que ele morreu por Covid-19. Até esta quinta-feira (26), a pasta contabilizada 153 casos confirmados da doença em Minas, sendo 96 somente na capital. Além disso, outros 17.409 registros são considerados suspeitos. Nesta sexta-feira (27), o órgão divulgou um novo balanço, com 189 casos confirmados e 21.691 suspeitos. 

No Estado, a maior incidência da doença ocorre entre a população masculina. Dos 153 infectados com o coronavírus, 110 são homens e 79 são mulheres. A faixa etária mais atingida é entre 20 a 59 anos, com 159 doentes. Apenas 27 idosos entre 60 e 79 anos contraíram a doença, e apenas uma pessoa entre 1 e 19 anos, ou acima dos 80, foi diagnosticada com a Covid-19, conforme os dados da Secretaria. Um bebê de menos de 1 ano testou positivo. Até esta sexta-feira, a Secretaria não confirmava nenhuma morte pela doença.   

Leia mais:
Justiça libera R$ 38 milhões da Vale para serem usados no combate ao coronavírus em Minas 
Coronavírus: 1500 igrejas podem servir de hospitais de campanha na Grande BH
Covid-19 avança em Minas e secretário de Estado de Saúde reforça importância do isolamento social