Um jovem de 27 anos morreu após cair da Cachoeira da Fumaça, em Guarda-Mor, na região Noroeste de Minas, na tarde de domingo (12). 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima fazia parte de um grupo de amigos que passeava pela região, na parte alta. Ele desapareceu e só foi visto pelos colegas minutos depois de cair. A queda foi de aproximadamente 80 metros. 

"Ele estava próximo da queda d'água quando os colegas deram falta. Logo depois perceberam ele caído na parte inferior da cachoeira. A PM foi chamada e utilizou um drone para verificar a localização da vítima, que estava em um local de difícil acesso, quando acionaram os bombeiros", explicou o Tenente Pedro Joaquim Ferreira, do Segundo Pelotão do Corpo de Bombeiros de Paracatu.

Segundo ele, para chegar ao local foi utilizada uma técnica de rapel. "Quando chegamos, a vítima já estava em óbito, com o corpo parcialmente submerso, com vários ferimentos, pois a queda foi em dois patamares, um de 25 metros e o segundo de 55", detalhou.

O militar não se sabe o que pode ter provocado a queda da vítima. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Leia também:
Minas tem 23 mortes confirmadas pela Covid-19; outros 64 óbitos são investigados
Pandemia suspende transplantes em Minas e reduz número de doadores potenciais