Um homem andando pelas ruas de uma cidade do interior carregando uma cabeça nas mãos. A cena, digna de um filme de terror, foi presenciada neste sábado (31) por moradores de Frutal, no Triângulo Mineiro, onde um homem de 23 anos assassinou um colega de trabalho, de 45 anos, o decapitou e levou a cabeça até uma casa em uma rua próxima, caminhando pelas ruas carregando o fragmento do corpo. Um outro amigo que tentou intervir acabou sendo ferido gravemente na barriga. 

O crime bárbaro aconteceu no fim da tarde na esquina das ruas Paul Harris e Chiquinho da Mata, no bairro Princesa Isabel, local que fica a poucos minutos da sede da prefeitura do município de 57 mil habitantes. Conforme o registro da Polícia Militar (PM), eles chegaram ao local e encontraram o homem sem a cabeça e com as vísceras expostas.

Testemunhas contaram então que o suspeito estaria em uma casa, na rua Professor Carlos Justino, a cerca de 180 metros dali. Chegando ao imóvel os militares encontraram o suspeito todo ensanguentado e com a cabeça decapitada da vítima. Após negociação, o jovem acabou se entregando e foi socorrido para o Hospital Frei Gabriel, já que ele apresentava cortes no peito, nos braços e no maxilar. 

O outro amigo ferido pelo rapaz, de 30 anos, foi levado por moradores para a mesma unidade de saúde. Ainda de acordo com a PM, ele apresentava um ferimento na região abdominal estando também com as vísceras expostas. O suspeito foi preso em flagrante, porém, não foi apresentado na delegacia por ter ficado internado e transferido para um hospital de Uberaba, na mesma região. 

Vítima comemorava o aniversário 

O suspeito, que trabalhava como vigilante, era colega de trabalho do homem morto, um motorista conhecido pelo apelido de "Robocop" e que comemorava seu aniversário naquele dia, segundo informações do veículo local Pontal Online. A terceira vítima, que ficou gravemente ferido, passou por uma cirurgia mas não corre risco de morte, trabalhava como entregador. 

Após levar a cabeça para a casa de um amigo, o jovem pegou uma faca e tentou se matar, pouco antes da chegada da polícia. Ainda de acordo com a publicação do site local, a motivação do crime não foi totalmente esclarecida, mas, ao ser preso, ele disse que teria sido ameaçado de morte pela vítima. Porém, esta informação é negada pelos familiares, que disseram que os dois eram amigos e sempre frequentavam a casa um do outro. Além disso, testemunhas contaram ter visto os três amigos juntos antes do crime e nada de anormal foi notado. 

Leia mais:
Corpo de homem é encontrado decapitado em aglomerado de Venda Nova
Homem é decapitado por dois adolescentes em Governador Valadares
Homem tem cabeça e pênis arrancados por bandidos em Ribeirão das Neves