Em sessão extraordinária realizada nesta segunda-feira (29), a juíza de direito Cláudia Aparecida Coimbra Alves foi empossada na Corte Eleitoral mineira como integrante efetiva na classe dos juízes de Direito para o biênio 2019-2021. A magistrada já havia atuado como substituta na Corte nas eleições de 2016 e 2018.

A juíza ocupa agora a vaga deixada pelo juiz Paulo Rogério de Souza Abrantes, que se despediu da Corte no início deste mês após finalizar o seu segundo biênio como integrante efetivo. Cláudia Coimbra foi eleita pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Minas Gerais para integrar o Tribunal Regional Eleitoral no último dia 8 de abril.

Natural de Barbacena, Cláudia graduou-se em Direito pela Faculdade de Direito Antônio Carlos (atual Unipac) e tem pós-graduação em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de Minas (PUC). Cláudia ingressou na magistratura no ano 2000, atuou como juíza de Direito substituta nas comarcas de Manhuaçu e Conselheiro Lafaiete. Atualmente é juíza da 11ª Vara Cível de Belo Horizonte.

Fonte: TRE-MG