Justiça concede liberdade a comerciante suspeito de agredir segurança em Três Corações

Gabriela Sales
gsales@hojeemdia.com.br
10/02/2017 às 15:57.
Atualizado em 15/11/2021 às 22:49

O comerciante Luiz Felipe Neder Silva, suspeito de agredir uma segurança em clube em Três Corações, no Sul de Minas, recebeu da Justiça um habeas corpus parcial. A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O benefício foi concedido nessa quinta-feira (9).

A agressão ocorreu em dezembro do ano passado. A Edvânia Nayara Ferreira Rezende, de 23 anos, tentou separar uma briga envolvendo o suspeito e acabou sendo agredida.

Segundo o TJMG, o habeas corpus foi julgado na quinta-feira (9) e foi concedida parcialmente a ordem para substituir a prisão preventiva pelas seguintes medidas cautelares: comparecimento bimestral em juízo, obrigação de manter o endereço atualizado junto ao juízo de origem, e proibição de se aproximar das vítimas a menos de 200 metros e de fazer qualquer contato com elas, salvo por meio de advogado.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) informou que Luiz Neder ainda permanecia no complexo penitenciário.

Relembre

O comerciante Luiz Felipe Neder Silva foi preso no dia 18 de dezembro, um dia após bater na esposa delegada, na segurança e em um homem. Segundo a polícia, ele estava com a mulher em um clube de Três Corações quando desferiu tapa, soco no rosto e puxou o cabelo da delegada.

A segurança Edvânia Nayara Ferreira Rezende, de 23 anos, tentou intervir na briga e acabou recebendo chute e soco no rosto. Um frequentador do clube também foi agredido e teve dois dentes quebrados. Além disso, o comerciante ameaçou outras pessoas com um canivete.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por