O Museu Dona Beja, imóvel tombado que fica no Centro de Araxá, no Alto Paranaíba, deverá ser recuperado pela administração municipal, de acordo com liminar obtida pelo pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) na Justiça. No pedido, o órgão alegou que o edifício está em situação precária em relação ao estado de conservação e, por isso, merece uma proteção específica e urgente, sob pena de danos irreversíveis ao patrimônio cultural de Minas.
 
Durante vistoria feita  por equipe técnica do MPMG, foram encontradas infiltrações nas paredes, buracos nos forros, umidade no piso, presença de cupins na estrutura e em elementos de madeira, além de defeitos na fiação elétrica. Assim como, foram descobertas bacias espalhadas pelo chão para receber goteiras. Sendo válido ressaltar que, em 2013, um incêndio no local teria sido gerado pela ausência de manutenção adequada.
 
Segundo a liminar, o município terá 120 dias para revisar toda a cobertura do edifício, recuperar os forros de madeira e esteira comprometidos pela umidade, realizar reparos no piso, elaborar e executar projeto elétrico e de prevenção e combate a incêndio e pânico. A Justiça também impôs multa diária de R$ 1.000 para o caso de descumprimento das obrigações.
 
Outros pedidos do MPMG ainda serão analisados quando julgar o mérito da Ação Civil Público (ACP). Entre eles, está o de restauração integral do imóvel e o de execução dos projetos museográfico e museológico no local, além da conservação permanente e preventiva do museu e do acervo. (*Com MPMG)