Kalil prorroga pela segunda vez estado de calamidade pública pela Covid em BH

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
24/06/2021 às 10:26.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:15
 (Luisana Gontijo)

(Luisana Gontijo)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), prorrogou, por mais uma vez, o prazo do estado de calamidade pública em razão dos efeitos decorrentes da pandemia de Covid-19. Por meio de decreto, a decisão foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (24).

Esta é a segunda vez que a prefeitura decreta a prorrogação. Desta vez, o estado de calamidade pública segue até 31 de dezembro de 2021. Entre as justificativas, Kalil cita que a disseminação da Covid-19 permanece caracterizada pelo Organização Mundial da Saúde (OMS) e que, apesar do avanço na vacinação, grande parcela da população adulta ainda não está imunizada.  

“Compete ao Município zelar pela preservação do bem-estar da população e pela manutenção dos serviços públicos e das atividades socioeconômicas”, conclui no documento.

Em BH, o estado de calamidade pública foi decretado pela primeira vez em abril de 2020, sendo prorrogado em dezembro por mais 180 dias. Sendo assim, o prazo terminaria em 30 de junho deste ano.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por