O modelo Celso Santebañes, conhecido como “Ken humano”, anunciou pelo Instagram que deixou o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), no Triângulo Mineiro, nesta quarta-feira (1º).
 
"Enfrentei à morte cara a cara, fiquei em coma quase um mês, meus rins pararam de funcionar, mais graças a Deus tudo isso passou, foi só um pesadelo, hoje estou recebendo alta, saio do hospital com à cabeça erguida e muito feliz!!", postou.
 
Pelas redes sociais ele também agradeceu o carinho dos fãs que torceram para a recuperação. "...obrigado Brasil pela força... quero dizer que cada dia estou melhor, em breve darei uma entrevista pra TV contando tudo oque eu passei!!", escreveu.
 
O "Ken Humano" sofre de leucemia e estava internado há 75 dias. No boletim médico enviado pelo HC-UFU informou que o paciente estava realizando quimioterapia oral, mas "consciente, comunicativo e respirando espontaneamente. O quadro clínico continua estável, em melhora, com perspectiva de alta hospitalar nos próximos dias".
 
Conforme o hospital, o modelo continuará o processo de reabilitação, sob acompanhamento ambulatorial e em uso de quimioterapia oral. "Necessita continuar o tratamento quimioterápico de forma ininterrupta, com previsão de nova internação para receber quimioterapia endovenosa nos próximos 15 dias. Possui indicação de transplante de medula óssea; aguarda identificação de doador".
 
 
 
 
Tratamento
 
No fim do ano passado, Celso foi internado em um hospital de Araxá, no Alto Paranaíba, após ter infecções e ferimentos na coxa decorrentes de aplicações de hidrogel. O modelo também esteve em um hospital de Patos de Minas, na mesma região, onde o câncer foi diagnosticado.
 
De acordo com o HC-UFU, “Ken humano” passou por quimioterapia e depois chegou a ficar em coma por duas vezes. Na primeira vez, ele ficou em coma por oito dias e, na segunda, por cerca de 15 dias. 
 
No Facebook, Celso disse, em janeiro, que as complicações com o hidrogel não têm relação com o câncer. Em uma entrevista que concedeu ao G1, ele disse que por causa das infecções a sua imunidade ficou mais baixa, porém, a doença já existia. Ainda conforme o modelo, o que houve foi ter descoberto ao mesmo tempo a infecção provocada pelo hidrogel e a leucemia.