O modelo Celso Santebañes, conhecido como “Ken humano”, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), no Triângulo Mineiro. Ele sofre de leucemia, mas conforme a instituição de saúde, apresentou melhora no quadro clínico e recebeu alta da UTI no domingo (8). Ele está internado há 52 dias.
 
No comunicado enviado a imprensa, o hospital informou que o modelo "mantém o quadro de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo em remissão, recuperado da aplasia medular". Contudo, o tratamento prossegue quimioterapia e o paciente "está consciente, comunicativo e respirando espontaneamente".
 
No fim do ano passado, Celso foi internado em um hospital de Araxá, no Alto Paranaíba, após ter infecções e ferimentos na coxa decorrentes de aplicações de hidrogel. O modelo também esteve em um hospital de Patos de Minas, na mesma região, onde o câncer foi diagnosticado.
 
De acordo com o HC-UFU, “Ken humano” passou por quimioterapia e depois chegou a ficar em coma por duas vezes. Na primeira vez, ele ficou em coma por oito dias e, na segunda, por cerca de 15 dias. 
 
No Facebook, Celso disse, em janeiro, que as complicações com o hidrogel não têm relação com o câncer. Em uma entrevista que concedeu ao G1, ele disse que por causa das infecções a sua imunidade ficou mais baixa, porém, a doença já existia. Ainda conforme o modelo, o que houve foi ter descoberto ao mesmo tempo a infecção provocada pelo hidrogel e a leucemia.