Em meio à polêmica envolvendo a retomada de posse do Iate Tênis Clube, a novela sobre a despoluição da Lagoa da Pampulha ganhou novo capítulo nesta segunda-feira (15). O secretário de Governo, Vítor Valverde, garantiu que o espelho d’água estará totalmente revitalizado até o fim deste ano. Ele participou de um evento na Casa do Baile para tratar da candidatura do conjunto arquitetônico a patrimônio mundial.
 
O processo está concentrado em duas frentes de trabalho. A primeira consiste na eliminação do esgotos e a segunda, na limpeza da represa. Segundo Valverde, 95% dos resíduos estarão totalmente interceptados até dezembro. A água podre, segundo ele, será tratada em até dez meses. “É um trabalho químico enorme. Os critérios técnicos já foram discutidos”, disse o secretário.
 
Porém, uma ação na Justiça pode atrapalhar os trabalhos. Uma empresa que perdeu a licitação questionou o certame. O espelho d’água e a orla da lagoa no trecho que os articula com os demais imóveis estão inseridos no dossiê de candidatura. Entretanto, segundo a prefeitura, a revitalização do cartão-postal não interfere diretamente no processo de obtenção do título.