A BHTrans divulgou, nesta sexta-feira (4), uma lista com as dez linhas que foram os principais alvos de reclamações de usuários do transporte público de Belo Horizonte no primeiro semestre do ano. A linha campeã no número de queixas foi a 5201 (Dona Clara/Buritis), presente em 82 registros. Em segundo lugar, ficou o Move 62 (Venda Nova/Savassi), com 81 reclamações.

As queixas podem ser feitas pelos usuários por meio do aplicativo PBH APP, no fale conosco do portal pbh.gov.br e no BHResolve. Entre as reclamações mais comuns, estão o descumprimento do quadro de horários, superlotação, mau comportamento de motoristas e falta de cobradores. Vale lembrar que as empresas de ônibus tiveram de contratar 500 agentes de bordo até o fim de setembro, conforme acordo com a prefeitura. 

Segundo a BHTrans, "as reclamações dos usuários são fundamentais e ajudam no direcionamento das ações de fiscalização dos agentes. O ranking produzido pela BHTrans sobre as linhas mais reclamadas é acompanhado, diariamente, e o objetivo das ações de fiscalização é melhorar o desempenho e a satisfação com o serviço de transporte coletivo da capital".

Procurado pela reportagem, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH) destacou que a colaboração dos passageiros é muito importante para a melhoria da prestação de serviço e correção de problemas. Ressaltou que sempre que os passageiros identificarem alguma irregularidade ou negligência, eles podem fazer a denúncia pelo telefone 0800-283-7045 do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do Transfácil, informando número da linha, do veículo. O sindicato afirmou ainda que promove para condutores e agentes de bordo, treinamentos de reciclagem e orientações sobre conduta.

Confira a lista com as dez linhas que mais receberam reclamações no primeiro semestre de 2019:

linhas mais reclamadas

Leia mais:
BHTrans monta operação para fiscalizar presença de cobradores nos ônibus da capital
Prazo dado pela PBH às empresas de ônibus para o retorno dos cobradores acaba hoje