No mês que vem, a calçada da avenida Afonso Pena, uma das mais movimentadas da região Central de Belo Horizonte, vai se transformar em loja com a chegada à capital do Projeto-loja. Em exposição, produtos doados. O resultado dessa espécie de bazar a céu aberto será revertido em benefício para pessoas carentes, sobretudo moradores de rua, oferecendo a eles a experiência de escolha das peças que vão usar.

A ação social é realizada pelo site Moda Ética em parceria com a organização sul-africana “The Street Store”, que surgiu em janeiro do ano passado, na Cidade do Cabo, com o intuito de ajudar a quem precisa. A primeira edição local está agendada para 11 de abril. No Brasil, o Projeto-loja já foi realizado nas cidades de São Paulo, Fortaleza e Belém.

A equipe organizadora está arrecadando roupas, calçados (adulto e infantil), adornos, brinquedos e objetos de decoração. A exigência é que tudo deve estar em bom estado de conservação.

Luciana Duarte, do Moda Ética, conta que muitas faculdades da capital, associações e estudantes têm oferecido ajuda para o projeto. Segundo ela, o mais importante é poder contar com a boa vontade de voluntários e doadores.

“É muito positivo reconhecer o sentimento de solidariedade, altruísmo e compromisso de todos, e constatar que as pessoas fazem questão de ajudar os outros”, afirmou.

Quem quiser colaborar, basta entrar em contato com os produtores do evento pelo contato@modaetica.com.br.