A Polícia Civil prendeu uma mãe de santo e mais três pessoas suspeitas de matar uma mulher de 40 anos, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A vítima foi esquartejada e enterrada em um quarto, dentro de um tambor. O motivo do crime seria a cobrança de um empréstimo.

A mulher estava desaparecida desde o dia 30 de novembro e as investigações apontaram que ela foi executada no interior da residência dos suspeitos, no bairro Santa Cândida. 

Segundo o delegado Rodrigo Rolli, a vítima teria emprestado R$ 30 mil aos investigados e passado a cobrar a quantia. “Após a vítima solicitar o dinheiro, os suspeitos atraíram a mulher até a residência alegando que iriam pagar o valor e a executaram. Eles alegaram que gastaram o dinheiro dela. Além disso, também utilizaram seu cartão, realizaram saques em caixas eletrônicos e subtraíram objetos em seu apartamento”, explicou Rolli.

Os suspeitos foram presos em flagrante nessa segunda-feira (14) pelos crimes de ocultação de cadáver e associação criminosa. A autoridade policial também vai representar pela prisão preventiva dos suspeitos pela prática do crime de homicídio qualificado. Eles foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecem à disposição da Justiça.