A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso de uma mulher que teria matado a filha, de 4 anos, e, em seguida, tirado a própria vida em Sete Lagoas, na Região Central de Minas, na manhã desta segunda-feira (22).

A Polícia Militar foi acionada por parentes, que já encontraram as duas mortas. O crime ocorreu na rua Venezuela, no bairro Nova Cidade. A mãe, de 46 anos, teria atirado na cabeça da criança com uma arma que tinha em casa e se matado.

O marido, que é dono do revólver 38, e outros dois filhos do casal não estavam na residência no momento do ocorrido.

A circunstância e a motivação das mortes ainda serão apuradas. Mas, segundo a corporação, a suspeita apresentava distúrbios mentais e sinais de depressão.