Serão enterrados na tarde deste sábado (27) os corpos de mãe e filho mortos pelo ex-companheiro da mulher no bairro Universitário, na Pampulha, na segunda-feira (22). O sepultamento de Élida Seabra, de 57, e João Pedro Seabra, de 26, ocorre às 14h no Cemitério da Paz, região Noroeste da capital.

Os dois estavam internados no Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII desde o dia do ataque. Na última terça-feira (23), o outro filho da vítima, Paulo Henrique Seabra Anísio, de 23, também faleceu na unidade de saúde.

Os óbitos da mãe e do filho foram confirmados pela assessoria de imprensa da Polícia Civil (PC), que investiga o caso. Segundo a corporação, João Pedro morreu pela manhã e, na parte da tarde, foi Élida quem perdeu a vida.

O autor do crime, de 58 anos, se matou. João Pedro, assim como o irmão, teve mais de 90% do corpo queimado, além de ambos terem sido atingidos por disparos de arma de fogo. Já a mãe deles, teve 80% do corpo ferido pelas chamas e foi atingida por um tiro em uma das mãos. 

O crime

O caso foi registrado pela PM na madrugada da última segunda-feira. Foram os vizinhos que, ao ouvirem disparos de arma de fogo, acionaram os militares. No local, os policiais encontraram mãe e filhos na varanda do imóvel.

Socorrida, a mulher a era a única que estava consciente. Ela relatou que vivia há 18 anos com o suspeito, mas que estava em processo de separação há cerca de um mês, sendo que o homem não aceitava o fim do relacionamento.