Um médico foi preso por corrupção passiva em Conselheiro Lafaiete, no Campo das Vertentes, na última sexta (9), pela Polícia Civil. Ele cobrava pelos atendimentos e por cirurgias realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

As investigações, que começaram em fevereiro, foram possíveis após um paciente do clínico geral denunciar o crime.

Durante as investigações, outro médico e um vereador de Capela Nova foram indiciados por participação no esquema.