Após quase um mês fechado devido à pandemia da Covid-19, o Inhotim, considerado o maior museu a céu aberto do mundo, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, retomou as atividades nesta sexta-feira (5).

De acordo com o espaço, o funcionamento será somente às sextas, sábados e domingos, com ingressos vendidos via internet (clique aqui), para público máximo de 500 pessoas - cerca de 10% da capacidade. O visitante pode conferir informações sobre horários, preços e o funcionamento no site do museu.

O Inhotim

Com 140 hectares de área de visitação, o museu foi inaugurado em 2004 com uma coleção artística de relevância internacional e obras expostas a céu aberto e em galerias, com um acervo botânico de espécies de todos os continentes.

Ao integrar museu de arte contemporânea, jardim botânico, cultura, educação e sustentabilidade, o Inhotim já recebeu cerca de 3 milhões de pessoas, tornando-se um dos principais destinos turísticos e culturais do Brasil.

O Inhotim ficou fechado por oito meses, por causa da pandemia de coronavírus, e chegou a voltar a funcionar no dia 7 de novembro de 2020. Dois meses depois, teve que fechar as portas novamente em função do aumento dos casos de Covid-19 em Brumadinho.

Leia mais:
Tempestade com ventos fortes e até granizo pode atingir 544 cidades de Minas
Farmacêutica alemã Merck, produtora da ivermectina, afirma que medicamento não é eficaz contra Covid
Acidente entre caminhões e carros de passeio deixa um ferido e trava o Anel Rodoviário