Entre a noite de sábado (21) e a madrugada deste domingo (22), 120 motoristas foram abordados em blitze da Lei Seca em Belo Horizonte e região metropolitana. Do total, dois responderão por crime de trânsito por apresentarem teor alcóolico acima de 0,34 mg/l ou sintomas de embriaguez - mesmo com a recusa do bafômetro. Eles ainda tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida e pagarão multa de R$ 957,70.
 
Outros quatro condutores foram autuados por infração (teor alcoólico entre 0,14 mg/l e 0,34 mg/l), tiveram a CNH recolhida e também foram multados em R$ 957,70. Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), apenas um motorista se recusou a soprar o bafômetro e outros três foram flagrados sem habilitação.
 
Na noite de sexta-feira (20) até a madrugada de sábado (21), 235 veículos foram parados, sete motoristas foram flagrados com teor etílico entre 0,14 mg/l e 0,34 mg/l e sete inabilitados foram detidos. No período, nenhum condutor apresentou teor de álcool acima de 0,34 mg/l e ninguém se recusou a fazer o teste do bafômetro, de acordo com a Seds.