Aproximadamente 100 sacos de lixos foram recolhidos, nesta sexta-feira (31), pelos alunos do  7º ano do Colégio Santa Marcelina, na orla da Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte. O mutirão foi realizado em parceria com a Associação Pro-Civitas dos bairros São Luís e São José e teve o objetivo de orientar os alunos sobre a importância de manter a cidade limpa. Mais de 100 pessoas participaram da ação. 
 
Além do meio ambiente, os alunos foram conscientizados sobre os impactos comportamentais que o acúmulo de lixo pode ocasionar no cidadão. “Existem estudos que comprovam que um ambiente 'sujo' e 'feio' pode até mesmo influenciar no comportamento das pessoas, deixando-as mais violentas, por exemplo. Já, quando lugar é mais 'bonito', a tendência é que as pessoas continuem a mantê-lo assim”, explicou a presidente da associação,  Juliana Renaut Vaz.
 
Juliana informou que os alunos percorreram desde as proximidades do colégio, localizado na Alameda das Falcatas, no bairro São Luís, passando às margens da Lagoa da Pampulha, até o Mineirinho, na avenida Antônio Abrahão Caram. 
 
Segundo Juliana, entre os objetos mais encontrados no chão estavam garrafas de água de plásticos e guimbas de cigarros.  “Eles ficaram muito animados durante a ação. Anotaram tudo que catavam nas ruas e tiravam fotos. Agora vão estudar na escola o impacto que os objetos causam ao meio ambiente”. 
 
A presidente da associação informou ainda que o material recolhido foi descartado em local adequado. “Esperamos que tenhamos plantado uma sementinha em cada um que participou do mutirão, para que eles não joguem mais lixo na rua”, enfatizou.