Quase 34% das escolas municipais de Belo Horizonte não funcionaram nesta sexta-feira (14) por causa da greve geral. De acordo com levantamento da Secretaria Municipal de Educação, das 323 escolas de ensinos infantil e fundamental administradas pela prefeitura, 109 estavam paradas, ou seja, 33,7%.

Já o levantamento do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (Sind-Rede) indica que 70% das escolas municipais não teriam tido aula nesta sexta.

Em algumas instituições particulares não houve aula, como nos colégios Loyola e Balão Vermelho (onde houve plantão para atender crianças). O Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro Minas), que representa os profissionais que atuam no setor privado, não conseguiu levantar quais foram as escolas que ficaram sem aulas, pois muitos professores aderiram à paralisação, mas as instituições receberam os alunos contando com outros funcionários.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, um balanço apurado até o início da tarde apontou que 77,8% das escolas estaduais em Minas tiveram funcionamento normal ou parcial nesta sexta-feira (14), em razão do movimento nacional de mobilização convocado pelo sindicato da categoria. A taxa de resposta para o levantamento da Secretaria de Estado de Educação foi de 82,6%, de um total de 3.620 unidades escolares do Estado.

Leia mais:
Greve geral leva milhares às ruas de BH e para trânsito no centro; confira o vídeo e imagens!