Foram registrados em Minas Gerais 525.975 casos prováveis de dengue até o dia primeiro de novembro de 2016, segundo informações da Secretaria de Estado de Saúde. Nessa classificação, estão incluídos os casos confirmados e os casos de suspeitas de dengue. Normalmente, observa-se uma tendência de maior concentração entre os meses de março e abril. Mas em 2016, excepcionalmente, a incidência maior ocorreu em fevereiro e março.

Ainda conforme o boletim divulgado, este ano, 242 pessoas morreram em decorrência da dengue, sendo 53 em Belo Horizonte e 48 em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A maioria dos pacientes (50,4%) com mais de 65 anos de idade.

Quanto aos casos prováveis de chikungunya, foram registrados 476. Já os casos prováveis de zika foram 15.169, além de 1001 casos de gestantes com a doença. Foram notificados também 194 casos de recém-nascidos com microcefalias associadas à infecção.

Leia mais:
Mais uma morte em decorrência da dengue é registrada na capital
Número de mortes por dengue em Minas neste ano sobe para 238