Mais um corpo foi encontrado pelos bombeiros, nesta sexta-feira (4), durante as buscas em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, realizadas desde o rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro deste ano. Com isso, o número de mortos pode subir para 251. Mas somente após identificação pela Polícia Civil é que o número será confirmado.

Segundo os bombeiros, o corpo está íntegro, com todos os membros, motivo pelo qual é provável que ocorra uma nova identificação de vítima. Porém não é possível dizer, pela decomposição, se o corpo é de uma mulher ou de um homem. Pela análise da inteligência, o corpo foi arrastado por aproximadamente 4,5 km de distância do ponto inicial onde estava. 

Ainda conforme os militares, a vítima foi localizada a 1,5m de profundidade, em uma frente de buscas conhecida como Remanso 4, mesmo local onde foi localizado o último corpo, no domingo (29). Motivo pelo qual os militares intensificaram as buscas na região. "Mais uma vez, o trabalho de inteligência e cruzamento de dados foram decisivos para essa localização", informaram em nota os militares. Agora, o corpo será encaminhado à Polícia Civil.

Já a vítima localizada no domingo (29) é Luciano de Almeida Rocha, que tinha 39 anos na época do colapso da estrutura da mineradora Vale. O corpo dele foi identificado pela arcada dentária. Outras 20 pessoas seguem desaparecidas. 

Leia mais:
Veja quem era a 250ª vítima de Brumadinho que teve o corpo achado oito meses depois da tragédia