Um estudante de Direito de 22 anos foi agredido por um grupo de rapazes na boate Hangar 677, no bairro Olhos D'água, região Oeste de Belo Horizonte, na madrugada desta quarta-feira (2). Um dos agressores teria dado uma pancada com uma barra de metal no rosto do estudante, que teve o nariz fraturado e partes de quatro dentes quebrados.

No último dia 9 de setembro o estudante de medicina Henrique Papini, também de 22 anos, foi agredido do lado de fora da mesma boate. A violência teria sido motivada por ciúmes do ex-namorado da jovem que o acompanhava.

O estudante agredido nesta quarta-feira (2) precisará fazer cirurgia plástica para colocar uma prótese e reconstituir o nariz. Como o rosto dele está muito inchado, a cirurgia não pode ser realizada ainda. A expectativa é a de que o procedimento seja feito até o dia 10 de novembro.

De acordo com a mãe da vítima, a advogada e servidora pública Marta Aparecida de Oliveira, 55 anos, o estudante havia acabado de chegar à boate, junto à namorada e a uma prima dela. Eles teriam tentado passar por um local onde havia duas mesas, e o grupo de rapazes disse que a passagem estava proibida. Sem entender que se tratava de uma ameaça, o estudante insistiu na passagem e foi agredido.

A mãe do jovem afirmou, ainda, que não havia nenhum segurança para atendê-lo, e que uma médica que estava na ambulância contratada pela boate afirmou que o ferimento não era grave e se recusou a levá-lo para o hospital. A ambulância os levou ao carro deles e a namorada dirigou até o hospital Mater Dei. No entanto, o convênio médico dele não é aceito neste hospital. Eles foram, então, para o Felício Rocho, onde o estudante foi atendido.

A mãe do jovem afirmou que nas últimas duas semanas foram registradas outras três ocorrências de agressão na boate.

A reportagem procurou a Boate 677, mas não obteve retorno. O número de telefone que consta na página oficial da boate no Facebook não atende. Foram enviadas mensagens, mas até o fechamento desta matéria não houve retorno.

Leia mais:
Vinte dias após levar surra em boate, estudante de medicina volta a ser internado em BH
Preso suspeito de espancar estudante de medicina em porta de casa de shows em BH
Laudo do IML sobre espancamento de estudante de medicina deve ficar pronto na próxima semana