Um mineiro de 57 anos, condenado por envolvimento no assassinato da prefeita de Nacip Raydan, no Vale do Rio Doce, Maria Aparecida Vieira, em abril de 2000, foi preso na manhã desta quarta-feira (19), no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
 
Segundo a Policia Federal, o homem, natural de Sabinópolis, estava foragido nos Estados Unidos. Ele estava sendo caçado pela Justiça mineira desde 2001 e foi capturado em 12 de maio de 2015, na cidade de Everett-Massachusetts, por policiais da agência estadunidense Immigration and Customs Enforcement´s (ICE). Nos EUA, conforme a Interpol, o mineiro também infrigiu as leis migratórias.
 
O homem era vereador de Nacip Raydan na época do crime. Após ser condenado pela Justiça a 18 anos de prisão por envolvimento no crime, ele fugiu para os EUA. O homem acusado de ser o autor dos tiros foi preso em 2005 e condenado a 17 anos de prisão. O motivo da morte, segundo a Justiça, seria disputa política. 
 
Após ser submetido a exame de corpo de delito, o preso será encaminhado ao Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH, onde permanecerá à disposição da juíza da comarca de Peçanha, também no Vale do Rio Doce. 
 
Suspeito de tráfico
Esse foi o segundo caso de foragido da Justiça mineira deportado dos Estados Unidos. Nessa terça-feira (18), um homem de 51 anos também foi preso após desembarcar de um voo em Confins. Ele estava sendo procurado por tráfico internacional de drogas desde 2002, após ser condenado a dezesseis anos de reclusão pelo crime de tráfico internacional e a mais quatro anos pela associação para fins de prática criminosa. O homem foi encaminhado para o Complexo Penitenciário Nelson Hungria/Contagem, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.